26/07/2017 - Biometria: mais de 1 milhão de eleitores são atendidos do Paraná; região está inclusa

A Justiça Eleitoral do Paraná ultrapassou a marca de 1 milhão de eleitores atendidos em todo o estado desde o dia 3 de abril, quando teve início a revisão biométrica do eleitorado de 160 novos municípios. A meta do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) é que, ao menos, 85% dos eleitores votem nas eleições de 2018 utilizando a biometria.

Na região da Comcam, eleitores de vários municípios fizeram a revisão, como por exemplo, Campo Mourão, Ubiratã, Juranda, Luiziana, Farol, Janiópolis, Iretama, Roncador, entre outros. A implantação do sistema de reconhecimento biométrico por meio das impressões digitais do eleitor iniciou-se no Brasil em 2008 e, no Paraná, em 2009, no município de Balsa Nova.

Curitiba foi a segunda cidade do estado a implantar a biometria, com quase 1,3 milhão de eleitores recadastrados de março de 2011 até janeiro de 2012. Na sequência, nos anos de 2013 e 2015, outros 68 municípios, entre eles, os maiores do interior, passaram por revisão biométrica.

Entre outras vantagens, como o aumento da segurança no processo de identificação do eleitor, a biometria auxilia na detecção de duplicidade no cadastro eleitoral.

Esta marca de 1 milhão foi possível devido ao empenho de servidores, juízes e promotores eleitorais, grupo de trabalho da biometria, além do apoio da imprensa, das autoridades municipais e a adesão da sociedade.

Assessoria Acamdoze com informações do TRE-PR 

 

Anexos: