24/06/2020 - Mesa diretora da Câmara de CM suspende recesso parlamentar de julho

Diante da pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), a mesa diretora da Câmara de Campo Mourão, decidiu em reunião, não realizar o recesso parlamentar, programado para ocorrer no período entre os dias 18 a 31 de julho. Serão quatro sessões extras para tramitação de matérias dos vereadores e do Executivo. 

Composta pelo presidente Olivino Custódio e pelos vereadores, Sidney Ronaldo Ribeiro (Tucano), Edson Battilani, Cabo Cruz e Jadir Pepita, a mesa decidiu dar continuidade e celeridade as pautas de projetos importantes ao município. 

“Entrar em recesso nesse momento significaria adiar a votação de proposituras importantes, de autoria dos vereadores e do próprio Executivo, tidas como essenciais para a garantia da saúde e bem-estar da população de nossa cidade”, comentaram os parlamentares, membros da Mesa Diretora da Câmara.

As sessões legislativas são realizadas de 17 de fevereiro a 14 de julho e de 10 de agosto a 15 de dezembro. Os dias compreendidos entre esses dois períodos configuram o recesso parlamentar. “A decisão foi tomada por entendermos que o Legislativo precisa continuar trabalhando para amenizar os efeitos negativos da pandemia do Covid-19”, ressaltou o presidente da Câmara, Olivino Custódio.

Na reunião, os vereadores membros da Mesa acataram também um requerimento do plenário para que seja enviado um ofício à Caixa Econômica Federal solicitando a negociação das parcelas de financiamentos consignados, diretamente com os servidores e não mais, descontado em folha.

“Por causa da pandemia do Covid-19, há casos de demissões na família e atualmente apenas o servidor sustenta a casa”, comentou a direção da Casa de Leis.

Anexos: